Tratamento com choque promete glúteos perfeitos O tratamento é próprio para flacidez, e costuma ser feito no bumbum. Mas coxas, braço, abdômen ou qualquer área do corpo em que a o músculo flácido esteja incomodando também estão liberados para receberem o estímulo da corrente russa. Para quem se pergunta se corrente russa melhora a celulite, a Dra.Andrea esteticista diz que até pode-se observar certa mudança positiva no aspecto do problema, porque a corrente russa melhora a oxigenação e o aporte sanguíneo da região. No entanto, não é nada profundo ou duradouro. "O foco é realmente a flacidez", diz a Dra.Andrea esteticista, que reforça que a corrente russa pode ser associada a outros protocolos de tratamento estético. Como é feita a corrente russa? Um eletrodo é colocado em cima do músculo, com um gel entre a pele e o aparelho, que ajuda a conduzir a corrente elétrica. "A potência varia entre baixa e alta, dependendo da sensibilidade da pessoa de suportar esse estímulo sincronizado de contração e relaxamento. Por exemplo, podemos deixar quatro segundos de contração, e dois de relaxamento, mais quatro contraindo, dois relaxando, e assim por diante", O APARELHO SEGUE COM 4 ELETRODOS COM GEL, pilhas e cabo USB se quiser conectar a seu carregador do celular e esse na energia, mas recomendo colocar pilhas alcalinas pois duram semanas e você seleciona a intensidade do aparelho. COMO USAR:sempre os 4 eletrodos,em 1 a 2 seções de 15 a 20 minutos por dia. ANVISA-25000.001453/99-33

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características